Justiça

TCM alerta sobre falta de transparência com gastos no combate à Covid-19

10 de Julho de 2020 às 07h25 - Por: Redação PNotícias Foto: Reprodução
[TCM alerta sobre falta de transparência com gastos no combate à Covid-19]

Apenas 4% do total de prefeituras têm cumprido plenamente o dever de informar sobre gastos contra pandemia

Dos 417 municípios baianos, nada menos que 359 não cumprem as exigências legais para dar transparência aos gastos que estão sendo realizados para o combate da pandemia da Covid-19. Isto significa que os gestores de 86% dos municípios baianos não estão permitindo aos cidadãos o controle e a fiscalização sobre os recursos públicos que estão sendo empregados nas ações de controle da disseminação da doença. Apenas 16 prefeituras, ou seja, 4% do total, têm cumprido plenamente o dever de informar sobre os gastos realizados contra a pandemia, de acordo com levantamento realizado pelo Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia, após análise das informações apresentadas nos sites oficiais das prefeituras.

O resultado do levantamento foi apresentado nesta quinta-feira (09/07) pelo presidente do TCM, conselheiro Plínio Carneiro Filho, que manifestou preocupação e alertou os prefeitos e demais gestores municipais para que promovam o mais rápido possível as adequações necessárias, visando “o cumprimento dos requisitos mínimos exigidos pela Lei de Acesso à Informação e pela Lei 13.979/2020, que dispõe sobre as medidas de enfrentamento da emergência na saúde pública”.
Observou o presidente do TCM que, no levantamento realizado pelos técnicos da Corte de Contas, ficou evidente o descumprimento de dispositivos legais e de “princípios da boa prática de governança de recursos públicos, imprescindíveis para a transparência nas contratações emergenciais”. Destacou que estes gestores poderão, eventualmente, serem penalizados com sanções em razão do descaso com o dever de informar e de permitir a devida fiscalização por parte dos cidadãos.
No estudo, com base em análise das informações expostas nos sites das prefeituras, 359 municípios (86% do total) não atenderam as exigências legais; 42 prefeituras (10%) atenderam apenas parcialmente as exigências da legislação; e 16 prefeituras (4%) atenderam plenamente o imposto pelas leis que disciplinam a matéria. Nenhuma das prefeituras dos municípios da Região Metropolitana de Salvador cumpriu, no período analisado, a obrigação de expor todas as informações sobre gastos na compra de insumos e serviços para o combate à pandemia.
Os municípios que cumpriram as normas de transparências pública foram: Bom Jesus da Lapa, Bonito, Caetité, Candiba, Coaraci, Cocos, Curaçá, Iuiú, Lajedinho, Palmas de Monte Alto, Pindaí, Porto Seguro, São Gabriel, Serra Dourada, Una e Wenceslau Guimarães. Deles, seis estão situados na região Centro Sul baiano; dois no Centro Norte; dois no Extremo Oeste; quatro no Sul baiano; e dois no Vale do São Francisco.

Segundo os técnicos do TCM que fizeram o levantamento – todos ligados à Diretoria de Assistência aos Municípios da Superintendência de Controle Externo – dentre os aspectos que ensejaram o descumprimento dos dispositivos legais destacam-se sites desatualizados e ausência de acessibilidade, entre outros. No relatório eles destacaram que a Lei 13.979/2020 estabelece que “todas as contratações ou aquisições realizadas com fulcro em seus dispositivos serão imediatamente disponibilizadas em sítio oficial específico na rede mundial de computadores (internet), contendo, no que couber, além das informações previstas no § 3º do art. 8º da Lei nº 12.527, de 18 de novembro de 2011, o nome do contratado, o número de sua inscrição na Receita Federal do Brasil, o prazo contratual, o valor e o respectivo processo de contratação ou aquisição”. Verificou-se, também, a ausência de cumprimento dos requisitos do §3º do art. 8º da Lei 12.527/2011 (Lei de Acesso à Informação), em especial a autenticidade, integridade e atualidade das informações.

Comentários

Outras Notícias

[Gilmar Mendes suspende ordem de prisão contra Queiroz e esposa]
Justiça

Gilmar Mendes suspende ordem de prisão contra Queiroz e esposa

15 de Agosto de 2020

Com a decisão, ambos devem permanecer em prisão domiciliar

[TRE-BA conquista 1º lugar no Ranking da Transparência do Poder Judiciário]
Justiça

TRE-BA conquista 1º lugar no Ranking da Transparência do Poder Judiciário

14 de Agosto de 2020

Após cumprir 79 dos 80 requisitos exigidos pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Eleitoral baiano chegou à pontuação de 98,56%, em 2020

[Redução de mensalidade escolar em até 30% é promulgada na Bahia]
Justiça

Redução de mensalidade escolar em até 30% é promulgada na Bahia

14 de Agosto de 2020

Lei foi aprovada pelo plenário virtual da Assembleia Legislativa da Bahia

[Ministro do STJ determina retorno de Queiroz à prisão]
Justiça

Ministro do STJ determina retorno de Queiroz à prisão

13 de Agosto de 2020

Decisão também vale para a ex-mulher de Queiroz

[Após decisão judicial, ex-prefeito de Ribeira do Pombal permanece inelegível]
Justiça

Após decisão judicial, ex-prefeito de Ribeira do Pombal permanece inelegível

12 de Agosto de 2020

Alegações do ex-gestor foram rebatidas por juiz: “Não vislumbro ilegalidade”

[Tribunal de Contas multa prefeito de Salinas da Margarida por contratação irregular de escritório de advocacia]
Justiça

Tribunal de Contas multa prefeito de Salinas da Margarida por contratação irregular de escritório de advocacia

12 de Agosto de 2020

Determinação aconteceu nesta quarta-feira (12)

Galeria

[Requalificação da Avenida Sete e Praça Castro Alves ]

Requalificação da Avenida Sete e Praça Castro Alves

14 de Agosto de 2020

Ver todas as galerias

Vídeos

[Prefeito de Itabuna afirma que reabertura do comércio vai acontecer “morra quem morrer”]

Prefeito de Itabuna afirma que reabertura do comércio vai acontecer “morra quem morrer”

03 de Julho de 2020

Ver todos os vídeos