Polícia

Presidente da Câmara de vereadores de Campo Formoso agride filha; jovem está sob medida protetiva

14 de Julho de 2020 às 06h30 - Por: Paola Pedro Foto: Reprodução
[Presidente da Câmara de vereadores de Campo Formoso agride filha; jovem está sob medida protetiva]

Rafaella Carvalho, de 18 anos, detalhou situação e rumo da denúncia ao PNotícias

A jovem Rafaella Carvalho, de 18 anos, usou as redes sociais para denunciar mais um dos inúmeros casos de violência contra a mulher no Brasil: na noite deste domingo (12), a estudante de Medicina foi agredida pelo próprio pai, José Alberto de Carvalho, o presidente da Câmara de Vereadores de Campo Formoso, no interior da Bahia.

Em contato com o PNotícias, Rafaella detalhou como ocorreu a situação: “Ele estava conversando com um amigo e falou que eu não conseguiria concluir a faculdade. Quando ele falou isso, eu ouvi e comecei a chorar porque me senti humilhada.” “Eu comecei a chorar e fui pro quarto. Pedi pra uma amiga e a namorada do meu pai me tirarem de lá, porque eu não sabia chegar sozinha na cidade vizinha. Pedi umas três ou quatro vezes [para ir], mas ele não deixou”, contou.

“Eu estava chorando muito. Ele se irritou, me puxou pelo pescoço e já me agrediu. Me colocou no quarto e eu só consegui falar ‘pai, você me magoou’, pelo que ele tinha dito, e ele continuou a me bater”, detalhou a sequência dos fatos.

A jovem explicou que o assunto já havia sido motivo para outras discussões mais amenas na família. Rafaella contou que estava angustiada quanto a trajetória acadêmica e, apesar de já ter manifestado esse sentimento, escolheu se calar por receio de retaliação. “Há uns dois meses, eu queria trancar a faculdade porque eu vi que não era aquilo que eu queria. Medicina é o sonho do meu pai, mas nunca foi o meu. Eu queria fazer Direito e, por várias vezes, tinha comentado ‘pai, eu quero trancar a faculdade’”. “Ele sempre me agredia verbalmente, então, pra não ter que ficar ouvindo esse tipo de coisa, eu preferi continuar na faculdade [de Medicina]”, abriu-se.

Rafaella afirmou ainda que a relação com o pai não era saudável e classificou-a como tóxica. “Sempre foi, mas era um caso de amor e ódio. Eu sempre fui a filha que ele era mais próximo, a gente sempre brigava muito, mas se entendia, a gente conseguia ficar bem”

De acordo com o relato da universitária, Zé Lambão, como é conhecido na cidade, tem um comportamento agressivo desde que ela “se conhece por gente” e era acostumado a bater em sua mãe, Simone. “Minha mãe tem uma medida protetiva contra ele, ela nem mora mais no Brasil”. Rafaella contou ao PNotícias que, pouco tempo depois da decisão judicial, se mudou para o exterior com a mãe devido as ameaças que a ex-esposa do vereador vinha recebendo dele. O retorno ao Brasil aconteceu por um pedido do próprio presidente da câmara de vereadores de Campo Formoso.
“Como meu pai me sustentava e queria que eu voltasse pro Brasil, porque ele queria que eu fizesse faculdade de Medicina, eu voltei. O dinheiro era dele, eu precisava obedecer, ele é meu pai e eu só tinha 17 anos”, narrou.

Rafaella contou que nunca presenciou ou soube que seu pai havia agredido outras mulheres senão a ex-esposa. Apesar da postura violenta no passado, Rafaella afirmou que nunca esperava que acontecesse com ela, mesmo com a relação de “amor e ódio”. Segundo a jovem, a parte mais difícil de todo o ocorrido foi ter recebido mais uma ameaça: “Ele ligou pra minha mãe, encostou em mim e falou que, se eu continuasse, ele ia ‘me esbagaçar’, com essas palavras”.

“Me doeu mais ainda o áudio que ele mandou falando que não tinha me agredido e eu que tinha feito isso comigo mesma”, desabafou. A moça, que revelou ter sido atingida no pescoço, rosto, olhos, costas, ombros e mãos, confessou que ficou surpresa com a atitude do pai em relação a ela. “Eu não esperava, até porque eu sempre estive disposta a, se eu errasse, que ele conversasse comigo. Sempre estive disposta a isso”.

Ainda reconstituindo os fatos, Rafaella afirmou que, depois das agressões, José Carvalho “voltou e continuou bebendo, como se nada tivesse acontecido”. A estudante contou que prestou queixa na delegacia e, na tarde desta segunda-feira (13), fez exame de corpo de delito. Não podendo fornecer detalhes do caso, a jovem afirmou que “o processo está correndo em sigilo porque o delegado reconhece que ele é uma pessoa perigosa”.

A estudante disse ao PNotícias que, na companhia do delegado Felipe Neri e da equipe de polícia da cidade, retornou à residência onde houve o caso para recuperar seus pertences. Apesar do aparato judicial, Rafaella Carvalho revelou ter receios quanto ao rumo das investigações. “Meu medo é que ele consiga comprar as pessoas, como ele fez a vida inteira, e a justiça não seja feita”, afirmou.

“Ele não acreditou que eu faria a denúncia, que eu teria essa força ou, que se eu fizesse, tivesse a repercussão que teve”, disse. A universitária afirmou que, depois do ocorrido ou do desabafo nas redes sociais, o vereador não tentou contato com ela, apesar de ter voltado a ameaçar a ex-mulher por meio de mensagens de voz. Durante a conversa com a equipe de reportagem, a jovem revelou seu maior desejo no momento: “Quero ficar perto da minha mãe.”

Rafaella aproveitou a repercussão da situação para aconselhar pessoas que possivelmente estejam passando pelo mesmo. “Eu peço que não se calem. Recebi inúmeras mensagens de pessoas que passam pela mesma situação desde a infância e não têm força ou que têm medo, assim como eu também tive”, apelou.

“Pelo medo que eu tinha, por tudo o que minha mãe viveu e pra poder ajudar outras pessoas, eu fiz isso. Não me arrependo e vou até o final. Ninguém merece passar por isso, não adianta romantizar a relação entre família. Se a pessoa te faz mal e ela é tóxica na sua vida, não se cale, ainda mais se é com um agressor”, reforçou.

Na tarde desta segunda-feira (13), o PNotícias tentou contato com a Câmara de Vereadores de Campo Formoso, mas não obteve sucesso. Em áudio que circula nas redes sociais, o vereador afirma que “apesar de ser uma pessoa pública, não tenho nada a declarar sobre minha vida particular”, além de salientar que a filha deveria “provar as agressões”.

Comentários

Outras Notícias

[Embriagado e com CNH vencida, motorista é preso na BR 101 em Eunápolis ]
Polícia

Embriagado e com CNH vencida, motorista é preso na BR 101 em Eunápolis

15 de Agosto de 2020

Multas aplicadas nesta ocorrência somaram-se mais de R$ 3.000

[Operação Vetor Aéreo encontra mil porções de drogas em Águas Claras]
Polícia

Operação Vetor Aéreo encontra mil porções de drogas em Águas Claras

15 de Agosto de 2020

Drogas e armas foram encontradas em matagal

[Estudante é flagrada transportando droga escondida em bagagem na BR 242]
Polícia

Estudante é flagrada transportando droga escondida em bagagem na BR 242

13 de Agosto de 2020

Mulher de 27 anos confessou ser usuária de maconha e relatou ter comprado droga em Belo Horizonte

[PM prende, em Lauro de Freitas, suspeito com fuzil usado pelo exército dos EUA]
Polícia

PM prende, em Lauro de Freitas, suspeito com fuzil usado pelo exército dos EUA

13 de Agosto de 2020

Arma equipada com mira telescópica é avaliada em R$ 75 mil

[SSP registra seis homicídios em Salvador e RMS nesta quarta-feira (12)]
Polícia

SSP registra seis homicídios em Salvador e RMS nesta quarta-feira (12)

13 de Agosto de 2020

Registros apontam seis mortes na Bahia

[Vídeo: PRF apreende carga de celulares e eletrônicos avaliada em R$ 28 mil em trecho baiano da BR-242]
Polícia

Vídeo: PRF apreende carga de celulares e eletrônicos avaliada em R$ 28 mil em trecho baiano da BR-242

13 de Agosto de 2020

Crime de descaminho representa concorrência desleal com os comerciantes regularmente instalados e diminui empregos com Carteira de Trabalho assinada no país

Galeria

[Requalificação da Avenida Sete e Praça Castro Alves ]

Requalificação da Avenida Sete e Praça Castro Alves

14 de Agosto de 2020

Ver todas as galerias

Vídeos

[Prefeito de Itabuna afirma que reabertura do comércio vai acontecer “morra quem morrer”]

Prefeito de Itabuna afirma que reabertura do comércio vai acontecer “morra quem morrer”

03 de Julho de 2020

Ver todos os vídeos