Justiça

Toffoli suspende investigações sobre senador José Serra

30 de Julho de 2020 às 10h06 - Por: Agência Brasil Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom | Agência Brasil
[Toffoli suspende investigações sobre senador José Serra]

Ações ficam suspensas até ministro Gilmar Mendes analisar o processo

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, suspendeu hoje (29) duas investigações abertas pela Justiça de São Paulo contra o senador José Serra (PSDB-SP) para apurar supostas doações ilegais de campanha. A decisão atende ao pedido da defesa, que defende que o caso seja transferido para o STF. 

Com a decisão, as investigações abertas pela Justiça Eleitoral e pela Justiça Federal ficaram suspensas até o relator do caso, ministro Gilmar Mendes, analisar o processo.  Por causa do recesso de julho na Corte, coube a Toffoli, que decide sobre as questões do Supremo, julgar a liminar. 

Serra foi alvo de duas buscas e apreensões neste mês em função das duas investigações. Após as operações, o senador disse em nota que suas contas de campanha sempre foram aprovadas pela Justiça Eleitoral e que“ jamais recebeu vantagens indevidas ao longo dos seus 40 anos de vida pública e sempre pautou sua carreira política na lisura e austeridade em relação aos gastos públicos”.

Denúncia
A decisão ocorre horas depois de a Justiça Federal em São Paulo acolher denúncia do Ministério Público Federal e transformar Serra em réu por lavagem transnacional de dinheiro.

Segundo a denúncia da força tarefa da Operação Lava Jato do MPF em São Paulo, Serra recebeu vários pagamentos da empreiteira Odebrecht em contas no exterior no total de R$ 4,5 milhões em 2006 e 2007. O MPF informou que “supostamente” o dinheiro seria usado para pagamento de despesas das campanhas eleitorais do então governador.

No início do mês, quando o MPF apresentou a denúncia, José Serra disse, por meio de nota, que os fatos que motivaram a denúncia são “antigos e prescritos”. No comunicado, Serra destacou que não cometeu atos ilegais e que sempre teve “integridade” na sua vida pública. O senador diz que “mantém sua confiança na Justiça brasileira, esperando que os fatos sejam esclarecidos; e as arbitrariedades cometidas, devidamente apuradas”.

Comentários

Outras Notícias

[TRE-BA conquista 1º lugar no Ranking da Transparência do Poder Judiciário]
Justiça

TRE-BA conquista 1º lugar no Ranking da Transparência do Poder Judiciário

14 de Agosto de 2020

Após cumprir 79 dos 80 requisitos exigidos pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Eleitoral baiano chegou à pontuação de 98,56%, em 2020

[Redução de mensalidade escolar em até 30% é promulgada na Bahia]
Justiça

Redução de mensalidade escolar em até 30% é promulgada na Bahia

14 de Agosto de 2020

Lei foi aprovada pelo plenário virtual da Assembleia Legislativa da Bahia

[Ministro do STJ determina retorno de Queiroz à prisão]
Justiça

Ministro do STJ determina retorno de Queiroz à prisão

13 de Agosto de 2020

Decisão também vale para a ex-mulher de Queiroz

[Após decisão judicial, ex-prefeito de Ribeira do Pombal permanece inelegível]
Justiça

Após decisão judicial, ex-prefeito de Ribeira do Pombal permanece inelegível

12 de Agosto de 2020

Alegações do ex-gestor foram rebatidas por juiz: “Não vislumbro ilegalidade”

[Tribunal de Contas multa prefeito de Salinas da Margarida por contratação irregular de escritório de advocacia]
Justiça

Tribunal de Contas multa prefeito de Salinas da Margarida por contratação irregular de escritório de advocacia

12 de Agosto de 2020

Determinação aconteceu nesta quarta-feira (12)

[Justiça condena cantor da região de Jacobina por propaganda eleitoral antecipada]
Justiça

Justiça condena cantor da região de Jacobina por propaganda eleitoral antecipada

12 de Agosto de 2020

Cantor foi condenado a pagar multa no valor mínimo de R$ 5 mil

Galeria

[Requalificação da Avenida Sete e Praça Castro Alves ]

Requalificação da Avenida Sete e Praça Castro Alves

14 de Agosto de 2020

Ver todas as galerias

Vídeos

[Prefeito de Itabuna afirma que reabertura do comércio vai acontecer “morra quem morrer”]

Prefeito de Itabuna afirma que reabertura do comércio vai acontecer “morra quem morrer”

03 de Julho de 2020

Ver todos os vídeos